Encontrei a melhor rádio forever

Terça-feira, 05 de julho de 2016.

Sou muita ligada em música, e tem alguém que não é? Tá, por enquanto, vou tentar colocar aqui no meu caderninho online a alegria que estou em achar uma rádio genuinamente de qualidade. É tão difícil achar uma rádio boa que trabalhe com a boa música brasileira, e ainda de quebra, ter uma programação supimpa.

Sim, por que além de música tem outras coisinhas. Como programa de gastronomia, cultura (além da música, que já é cultura), tem moda e… enfim – é muito conteúdo. E tudo de graça e em forma de aplicativo pro seu telefone celular. Você pode conferir pela web também.

A rádio Vozes. Essa é minha descoberta radialística (existe essa palavra?! rsrs) mais feliz hehe. Bem, posso chegar a conclusão que são novos tempos para as rádios com a internet. É, a internet está possibilitando nós ouvirmos boa música e programação. Já não somos mais escravos de emissoras de rádio que só sabem tocar aquele som repetido, e sempre, recheado de intervalos comerciais – que vamos ser sinceros cansa, não é? – Em todo caso apresento aqui a rádio Vozes. Vou deixar link para quem quiser ouvir. O aplicativo já está em meu celular e, sinceramente, toca toda hora, e muito bem. 🙂

Aqui deixo também um pouquinho sobre a rádio e sua criadora e todos os talentosos que compõem a equipe. Sério, queria um emprego lá ahahaha ♥

Sobre a rádio  

♥♥♥OUÇA ELA AQUI!!!♥♥♥

A beleza feminina pelo mundo

Segunda-feira, 04 de julho de 2016.

Uma fotógrafa da Romênia, a Michaela Noroc, está com um projeto fotográfico muito lindo e rico culturalmente. The Atlas of Beauty – O Atlas da Beleza, pretende mostrar para nós a diversidade da beleza feminina pelo mundo. A forma, a raça e a expressão de cada mulher no mundo.

O empenho e trabalho de Noroc é incrível. Além do grande talento técnico, a ideia do projeto é de primeira qualidade. A fotógrafa já esteve em mais de 50 países. Segundo ela, o projeto continua. Seu projeto em cada país que passa vem arrancando aplausos.

Aqui no Brasil ela fotografou na região amazônica. 🙂 Abaixo algumas fotografias e o link para o seu site. 😉

I just started the second journey around the world, with The Atlas of Beauty. Yesterday, in Istanbul, Turkey.

A fotógrafa

In my first journey around the world, I visited the Amazon Rainforest, in search of authentic beauty, untouched by the modern world, like the nature around it.

Kichwa, Amazon Rainforest

No Brasil – região amazônica

Otavalo, Ecuador

No Equador

Havana, Cuba

Em Cuba

A Han Chinese woman in Xiahe, China.

Na China

 

Syrian woman in Istanbul, Turkey.

Turquia

Chile, in my first journey around the world. Now I travel in China, with The Atlas of Beauty.

Chile

Medellin, Colombia in 2014.

Colômbia

Even on the rainy days, most of the people of Stockholm, the capital of Sweden, prefer to walk or use a bicycle, rather than a car. Emilia stopped for a few minutes and told me about the happiest moment of her life. She was recently chosen for an...

Estocolmo

 Trabalho impecável. E para acompanhar as suas viagens acesse  AQUI. :*

 

 

 

Segunda chance para o amor – filme

Sexta-feira, 22 de abril de 2016.

Adoro filmes que abordam a arte da tentativa, reconquista, segunda chance. Pois a vida funciona assim, não é mesmo?! Quem já não teve que dar uma chance? E não digo isso apenas para o campo romântico. Mas sim, nas outras esferas que englobam nossas vidas. Amizade, trabalho, família e a nós mesmos.

É tentar viver bem a partir de um erro e/ou decepção. Todos os dias temos uma segunda chance, gosto de pensar assim. Quando amanhece, quando nos chega o novo dia é uma nova oportunidade de fazer diferente. De melhorar a nossa pessoa, nossas atividades e também nossos dons.

No filme, dirigido e estrelado, por Edward Burns nós vemos isso. Com o título Purple Violets –  Segunda Chance para o Amor (Brasil), o filme conta a importância e a necessidade de nos perdoarmos e dar mais uma chance para acertar. No enredo nós temos dois casais que por erros passados estão separados, e vivendo assim, vidas infelizes. Todavia, temos carreiras que também não deram certas ou quase. Uma escritora que abandona seu amor pela literatura por tudo de errado que ela deixou acontecer. Também tem um escritor que não tem coragem de expor seus sentimentos. E fica apenas escrevendo o que outros querem. E assim, consequentemente, não se realiza.

Um advogado, ex-dependente alcoólico, que se deu uma nova chance. Vencendo a dependência da bebida. Toda essa reviravolta faz acordar nele a vontade de rever e tentar novamente um amor do passado. Um amor que não terminou de uma forma legal. Sentimento que viveu com a professora  Kate. Ela também não o perdoou e durante o filme podemos ver o ressentimento e a dor de uma suposta traição. Basicamente, é isso. Nós vamos ver  como o amor e o diálogo podem ajudar na reparação das vidas.

Eu, particularmente, gostei do filme. Dou cinco estrelinhas para ele. Tem bom roteiro, fala de algo essencial, bons atores. Fotografia linda. Pode parecer mais um filme simples de romance com um pouco de drama. Contudo, é uma boa obra para a reflexão humana. A trilha sonora  achei fraca, bonita, mas poderia ser bem mais explorada. Não vou comentar mais, pois seria spoiler. Vale assistir!

Imagem: Divulgação.

Inspiração visual – salvando imagens

Sexta-feira, 15 de abril de 2016. o/

Olá, no post de hoje no Camporeja eu vou falar um pouquinho sobre minhas inspirações visuais. Amanhã, sábado, tenho um ensaio fotográfico para fazer, então, sempre gosto de dar uma olhada em algumas inspirações.

Como já conversei com a minha cliente, e já sei o que ela quer, agora é só procurar algumas imagens para compor no meu painel no Pinterest. Esté é o meu Pin

Se caso quiser me seguir e ver mais fiquem a vontade 😉

No ensaio de amanhã, pensei em algo bem floral para a minha fotografada. Ela curte flores e campo como eu, então vem ver o que separei. 🙂

  • Todas as imagens são do Pinterest/ meu painel Artes Fotográficas

Fairytale fashion fantasy / karen cox.:

Flores, joias grandes e tecido leve. A cor forte fica para as flores. Amei ❤

 :

Tem bem pegada de boho pelo vestido. O vermelho contrastando com o branco é lindo.

Flowers:

Essa fotografia tem um ar de fantasia. Cores neutras e lindas. Notaram que todas as cores conversam, e o resultado final, é bem dizer uma cor só? ❤

http://votetrends.com/polls/296/share #fashion #couture #editorial #designer #style:

Nem sempre as flores precisam estar na cabeça 😀 Olha que lindo elas pelo corpo. Aqui só cores vibrantes.

 :

Nada mais lindo e simples do que uma rosa vermelha.

Roses #makeup:

Realçando detalhes.

 :

Respirando flores.

Bem, pessoal essas são algumas referências para o meu trabalho. Espero que tenham curtido 🙂

Vou começar a escrever sobre fotografia

Terça-feira, 15 de dezembro de 2015

A princípio serão textos mais leves e informais, ou seja, nada de muito didático. Vou relatar aqui algumas dicas que descobri e outras que garimpei no mundo virtual. Além de postar algumas fotos de minha autoria e comentar sobre elas. E claro, vou dar muitas dicas de fotógrafos amigos que adoro acompanhar o trabalho.

Pra começar, quero falar que fotografo de tudo, todavia tenho uma linha editorial – se assim podemos chamar, ou melhor, perfil! – gosto muito da natureza, fazendas e animais. Me sinto a vontade em fotografar a natureza como ela é. Entretanto fotografias de eventos e jornalísticas eu gosto né gente é fotografia do mesmo jeito. Me desafiar em outros campos é legal. Sair do nosso mundinho confortável e tentar fotografar um desfile de moda ou uma corrida de carro é empolgante. Você saber trabalha a velocidade do obturador nesses momentos é da hora. hehe

Mais uma coisa, não sei se perceberam, mas não sou adepta da super edição, mas também não sou purista – fotografia da forma como foi tirada. Aquela que retire a essência da pessoa ou do ambiente eu não utilizo em minhas fotografias, contudo eu sei apreciar e considero uma forma de arte. Relato isso, pois um dia falaram que sou purista por não querer mexer muito nas minhas fotos. Percepção errada dessa pessoa.

Editar é importante e faz parte do processo chamado fotografia. Algumas pessoas pensam que edição é só deixar a foto bonitinha. Erro! Edição está dentro da fotografia, ela é tão importante quanto a pré-produção. Você produzir uma fotos antes ou depois não é enganar ou maquiar, mas é um cuidado com o seu trabalho e um zelo por quem vai comprar ou apreciar. Edição é o acabamento da sua arte. Abaixo algumas fotografias para ilustrar o post 🙂

Essa fotografia, por exemplo, está sem nenhuma edição. Não editei ela pois achei esse resultado muito bom. Mas dá para editar sim e deixar ela mais esverdeada.

23340141549_a002093dd3_o

Já esta fotografia do Lírio da Paz eu apenas tirei a saturação.

23412883390_c44b46772a_o

Adorei o resultado. De perto ela fica com uma textura como se tivesse usado o ISO alto. Mas na verdade o ISO estava em 400.

Nessa fotografia do tronco da árvore eu trabalhei em cima do balanço de cores. Optei por um tom mais quente para ressaltar a cor da madeira – linda, por sinal essa cor!

23592085136_11ac86fd85_o

 

Vamos de arte?

Com o objetivo de melhorar mais o meu consumo de arte pela web eu ando. Já que na minha cidade não temos grandes museus e tal. Mas nem por isso vou ficar sem ter contato. O meu amor por fotografia me fez chegar ao trabalho de dois caras, o Matheus Coutinho – que mexe com fotografia e direção fotográfica; e o Elvis Benício – designer. Confesso que ainda não conhecia o trabalho do Elvis, depois de algum tempinho olhando fiquei impressionada. Talentosos!

Abaixo selecionei algumas fotografias desse projeto sensacional e puro estilo.

jpgIdeaFixaUrban$tyleSP_2938

Um show de aula de criatividade e design. Pra quem curte como eu. Ah… e ainda tem fotografia.  o/

Nessas fotografias podemos ter contato com a identidade dessa população, da cultura e da forma como se vestem. O trabalho deles começou depois que tiveram contato com os grupos Ver$usxBoyz e Future Gang.

jpgIdeaFixaUrban$tyleSP_2985

Elvis em seus site conta um pouco sobre como conheceu o grupo. Diz que foi a partir de uma visita no blog VICE Brasil que tudo começou. Curiosa com o grupo Vers$usxBoys eu fui procurar saber um pouco mais.

Pesquisando na web tive contato com belas fotografias e uma produção de moda muito bem feita. Ver$us é um projeto fashion lifestyle de jovens de 15 e 19 anos da periferia de São Paulo. E as produções bombam no Tumblr e Instagram. O projeto também tem como parceira a Future Gang, um grupo de pesquisas e conversas para debater como enxergamos o futuro. Abaixo o link, vale a visita! Future Gang.

Bom, e foi a partir da visita a esses grupos que eles tiveram contato com a identidade cultural que acima eu citei. O resultado disso? Um acervo cultural imenso e de muito bom gosto. Misturando fotografia e arte gráfica. Um show!!

Vejam:

jpgIdeaFixaUrban$tyleSP_3050

jpgIdeaFixaUrban$tyleSP_3056

jpgIdeaFixaUrban$tyleSP_IMG_4211

Esta fotografia está um arraso. O olhar do fotógrafo, a criatividade e a qualidade da fotografia está linda.

Achei o making of…

Aqui o site do Elvis onde ele cita o projeto…

#maisarteassim

 

Cinepipoca: Cigarro não!

Oi, Vocês viram o noticiário? se caso não eu conto. A partir de agora as produtoras de cinema não terão mais em suas produções o uso de cigarros. Produtoras como? Disney, Marvel Studios e Lucas Film fizeram um pacto de não exibir mais personagens fumantes em seus filmes. Vamos citar alguns? Star wars, Pinóquio, A Pequena Sereia, John Jonah Jameson da série “Homem-Aranha” e por aí vai.  Se pararmos para procurar vai ter muitos personagens, e não só em filmes, mas em desenhos. E eu aprovo a iniciativa, pois vamos combinar? os filmes, programas de tv e afins inspiram sim muitas crianças. Elas vêem ali e querem sair fazendo igual. Temos que ter um pouco de cuidado!! Lembrando que a iniciativa é para produções voltadas para crianças menores de 13 anos. Outra coisa que deveriam mudar são as brigas, por exemplo, o Tom e o Jerry se batem e se jogam de alturas e nunca morrem. Agora pensem uma criança vendo isso? Vão achar que também podem, e é aí que mora o perigo. Crianças que ganham fantasias de super-heróis e se jogam do prédio porque acreditam que tem poderes. Desenhos e filmes infantis tem quer ser educativo e ponto. A lista de produções é grandinha, vamos parar para refletir e dar uma repaginada. Além disso vale ressaltar que não é apenas as produtoras que devem pensar nisso, mas sim os pais. Pois eles devem saber barrar o que é nocivo a criança. Separei algumas fotografias…   E vocês concordam?

Fonte: The Hollywood Reporter 

Beijim!