Texto pra sexta, por favor!

https://i0.wp.com/41.media.tumblr.com/d3f6353c8590f276c638abaaad30c8e1/tumblr_mge9dtmmF91re7tlyo1_1280.jpg

Isso que eu peço para essa sexta-feira temperamental. Chove desde semana passada e é tanta água que julho já não aguenta mais. Os números de pessoas atingidas pela chuva, principalmente no Paraná é grande. Eu gosto de chuva, mas essa constância (regularidade) está me preocupando. Bom, alguns não gostam de tempo fechado, cinza e com chuva fina, porém como não sou todo mundo tenho que deixar claro aqui que sim, eu amo esse tempinho.

Há quem diga que não consegue trabalhar, não tem inspiração porque o dia não ajuda. Todavia no meu caso seja com sol ou chuva eu consigo trabalhar, mas tenho que confessar que quando as nuvens surgem, os relâmpagos e depois a chuva eu me sinto muito mais disposta. Se tem uma explicação? Não, é meu gosto!

Uma vez me disseram que não era normal por gostar de chuva, frio, leitura e campo. Meu Deus, se tem uma coisa que me irrita é isso. Gosto é gosto, cada um tem o seu e saber respeitar é top, viu?! Não sou nem normal e muito menos anormal por curtir dias assim, mas sou apenas uma garota que tem um preferência, como tu que lê essa minha crônica de sexta-feira. Todos temos uma preferência, sempre vamos escolher algumas coisa ou alguém, é certo isso! Um exemplo, se te colocarem 10 tipos de doces, por mais que goste de todos, vai acabar escolhendo um.

Não estou me explicando e muito menos dando satisfação do meu gosto, porém acredito ser pertinente escrever sobre isso. Mais ainda porque, agora tem na minha janela aqui o barulho da chuva com um vento gelado de um inverno chuvoso. Além disso, é uma forma de conversar sobre esse tema, o de nossos gostos. Tem tanta gente por aí que tem que disfarçar um gosto ou se esconder para ver o que realmente gosta, e isso, é muito triste. A alma pede, o corpo pede e a vida trata de nos cobrar depois. Então não perca seu tempo se escondendo, mostre o que você gosta, e se acharem estranho ou te chamarem de anormal peça apenas uma coisa – me respeitem! É uma das palavras que mais digo na minha vida. Pois não sou de arrumar briga, e muito menos, com pessoas com cabeças pequenas e algumas vezes ocas também. Ah… mais uma coisa, se depois de solicitar respeito ele não vier corte relações. Eu faço isso! Cansei de ficar de blá blá blá, falou o que eu não gostei ou não me tratou com respeito eu dou tchau e adeus – tudo junto.

Eu escolhi viver ao lado de quem me respeita e aceita os meus gostos.

Imagem do post: internet

Anúncios

Look at Me: Florido

Hello sexta!

Oras hoje é sexta! YUpiii. Já tem programação para algo? Eu tenho! Hoje aqui em Foz acontece uma grande e importante exposição. Nada mais e nada menos que Sebastião Salgado estará aqui. A exposição será no Ecomuseu de Itaipu às 19h. Nossa estou super empolgada! 🙂

E hoje o Pedrão lá em cima mandou mais chuva, e coloca chuva. Mas para mim, amante do inverno e da chuva sem problemas. hihi.

ImagemEntão como eu disse, hoje é dia de muita chuva com vento gelado, assim escolhi para trabalhar peças essenciais para esses dias. Cotelê vermelho com uma camisa social estampada com flores de cerejeira, além de uma bota de salto, pois o dia pede. Odeio molhar e sentir frio nos pés. Coloquei um vermelhão hoje, já que é sexta-feiraaa.

Quero compartilhar a música que hoje eu estava ouvindo na vinda para o meu adorado trabalho…

p>Beijim e boa sexta + final de semana + feriado do aniversário de Foz do Iguaçu – 10 de junho – 100 anos.

Minuto Hum…

Bom Diaa…

Hoje aqui amanheceu chovendo e com uma temperatura agradável, um ventinho gelado… hum… 

Então pensei em fazer já para o café da manhã uma bebida que adoro, particularmente uma das minhas favoritas. 

O café expresso caseiro, é rápido e não requer tantos ingredientes. Fora que o custo é baixo, se você for comparar com os comprados em cafeterias e/ou padarias. E o gosto é igual, não vi nada de diferente, quer dizer heheehe… só no preço mesmo!

Para você ter uma ideia hoje aqui faz 22°, ontem a temperatura esse horário era de 30°. Um alívio considerável!!!

 

                        Imagem

 

 

                       Imagem

 

                       Imagem

 

Beijim!!!

*-*

 

Crônica: A fonte

Tarde qualquer sem nenhuma novidade, ou melhor, sim havia algo bem diferente o calor, o forno, o quente, o verão. Começou não tinha como correr. Podia viajar para um país onde agora está na estação que gosto o inverno, olha do jeito que estou podia até mesmo ser outono que já estava perfeito. Gosto do verão por um motivo: Posso ir na piscina, praia, ou melhor, a água. Amo ela, é não tem como negar que é  a fonte da vida mesmo. E hoje achando que o forno continuaria não é que lá pelas 17h e alguns minutos que não lembro caiu uma chuva boa e molhada para refrescar a vida e lavar os telhados. É para mim a chuva serve não só para alimentar jardins e animais, mas também, para alegrar a vida, lavar minhas calçadas do pó da rotina. Guardar a gente um pouco dentro de casa, e também, as vezes para a gente brincar como criança no jardim, se molhando toda. O mais legal é que depois vem o vento e te dar um arrepio que diz:

— Valeu a pena! Por que não fazer mais vezes?

A chuva para mim é como uma pausa no tempo, me anima e me reconstrói, reconstruir as energias mesmo. Ela é forte e rica, vai por tantos lugares, cai do céu, vai para o chão e regressa até ele. Oh… chuva querida!