♥ Meus Wallpaper’s ♥

Abaixo alguns wallpaper’s que estão em uma pastinha especial em meu Pint.

As imagens na pasta são, na maioria,  ilustrações. Uma mais linda que a outra e que deixa meu celular e desktop cada dia mais artístico hehehe. 🙂

Que tal um papel de parede destes enfeitando a parede do seu quarto? :) #gatos #cachorro #hora_das_compras:

Portrait - Hsiao Ron Cheng:

dearest deer:

Anatomical Heart Art:

Cor:

 :

Nuvens de galaxia:

Atenção: Todas as imagens foram reproduzidas do Pinterest. 

Anúncios

Como fui apresentada a García Márquez

Terça-feira, 26 de abril de 2016.

Sempre ouvia falar do Gabriel García Márquez, mas não sei o motivo nunca fui procurar sobre ele. Normalmente quando vejo muitas pessoas falando de determinado autor eu vou em busca de algum texto. Mas com o García Márquez não foi assim.

Bom como gosto de ler. Aprecio muito a literatura. Então, estava procurando na internet algo em espanhol para ler, pois eu estou testando o meu espanhol. E nada melhor como testar um idioma conversando, e por que não, lendo. Então, em uma tarde de frio e  chuva, ao mesmo tempo, sentei na frente de computador e procurei. Adivinhem! Qual foi o primeiro autor que apareceu no Google em espanhol? Sim, García Márquez. Bem, não pensei duas vezes e  fui ler sobre o autor, escritor e jornalista. Quando vi que ele também era jornalista fiquei muito curiosa. Faço jornalismo para quem não sabe.

Já vi algumas obras consagradas do escritor, porém, como é para começar a ler em espanhol, e também, conhecer o Gabo (apelido de Gabriel José García Márquez) escolhi algo mais curto, de primeira. Todavia, seus clássicos já entraram em minha lista de leituras. De toda sua obra quero começar pelas clássicas. Cem Anos de Solidão e O Amor em Tempos de Cólera. Além disso, quero uma biografia dele. Para aprofundar, e se possível, em espanhol (hehe).

Procurei e procurei e encontrei um conto curto do Gabo para testar meu espanhol e conhecê-lo. O conto é Ladrón de Sábado ou, em português, Ladrão de Sábado. Que conto maravilhoso. Sabe quando termina e você não percebe porque queria mais? Então, essa foi minha experiência com esse conto. E li ele em espanhol. Aprendi novas palavrinhas, muito valido.

Abaixo, vou colocar na íntegra o conto em espanhol. Espero que leiam e gostem. A língua espanhola é a minha preferida, depois de português, claro! 🙂

Hugo, un ladrón que sólo roba los fines de semana, entra en una casa un sábado por la noche. Ana, la dueña, una treintañera guapa e insomne empedernida, lo descubre in fraganti. Amenazada con la pistola, la mujer le entrega todas las joyas y cosas de valor, y le pide que no se acerque a Pauli, su niña de tres años. Sin embargo, la niña lo ve, y él la conquista con algunos trucos de magia. Hugo piensa: «¿Por qué irse tan pronto, si se está tan bien aquí?» Podría quedarse todo el fin de semana y gozar plenamente la situación, pues el marido -lo sabe porque los ha espiado- no regresa de su viaje de negocios hasta el domingo en la noche. El ladrón no lo piensa mucho: se pone los pantalones del señor de la casa y le pide a Ana que cocine para él, que saque el vino de la cava y que ponga algo de música para cenar, porque sin música no puede vivir.A Ana, preocupada por Pauli, mientras prepara la cena se le ocurre algo para sacar al tipo de su casa. Pero no puede hacer gran cosa porque Hugo cortó los cables del teléfono, la casa está muy alejada, es de noche y nadie va a llegar. Ana decide poner una pastilla para dormir en la copa de Hugo. Durante la cena, el ladrón, que entre semana es velador de un banco, descubre que Ana es la conductora de su programa favorito de radio, el programa de música popular que oye todas las noches, sin falta. Hugo es su gran admirador y. mientras escuchan al gran Benny cantando Cómo fue en un casete, hablan sobre música y músicos. Ana se arrepiente de dormirlo pues Hugo se comporta tranquilamente y no tiene intenciones de lastimarla ni violentarla, pero ya es tarde porque el somnífero ya está en la copa y el ladrón la bebe toda muy contento. Sin embargo, ha habido una equivocación, y quien ha tomado la copa con la pastilla es ella. Ana se queda dormida en un dos por tres.A la mañana siguiente Ana despierta completamente vestida y muy bien tapada con una cobija, en su recámara. En el jardín, Hugo y Pauli juegan, ya que han terminado de hacer el desayuno. Ana se sorprende de lo bien que se llevan. Además, le encanta cómo cocina ese ladrón que, a fin de cuentas, es bastante atractivo. Ana empieza a sentir una extraña felicidad.En esos momentos una amiga pasa para invitarla a comer. Hugo se pone nervioso pero Ana inventa que la niña está enferma y la despide de inmediato. Así los tres se quedan juntitos en casa a disfrutar del domingo. Hugo repara las ventanas y el teléfono que descompuso la noche anterior, mientras silba. Ana se entera de que él baila muy bien el danzón, baile que a ella le encanta pero que nunca puede practicar con nadie. Él le propone que bailen una pieza y se acoplan de tal manera que bailan hasta ya entrada la tarde. Pauli los observa, aplaude y, finalmente se queda dormida. Rendidos, terminan tirados en un sillón de la sala.Para entonces ya se les fue el santo al cielo, pues es hora de que el marido regrese. Aunque Ana se resiste, Hugo le devuelve casi todo lo que había robado, le da algunos consejos para que no se metan en su casa los ladrones, y se despide de las dos mujeres con no poca tristeza. Ana lo mira alejarse. Hugo está por desaparecer y ella lo llama a voces. Cuando regresa le dice, mirándole muy fijo a los ojos, que el próximo fin de semana su esposo va a volver a salir de viaje. El ladrón de sábado se va feliz, bailando por las calles del barrio, mientras anochece. 

 

 

 

Salvando imagens – Pedaços da Inglaterra

Quarta-feira, 20 de abril de 2016.

Amo a Inglaterra. Se tem um país que moraria, ou melhor, ainda vou morar vai ser lá. Fico toda boba com as fotografias desse país lindo. Seja pela arquitetura antiga que me encanta, pela moda, pelo clima – amo frio e chuva, enfim… Todo mundo tem um cantinho no mundo que curte. Quem ama viajar tem muitos, não é?! Adoro uma viagem tbm. 🙂

Bem, recentemente comecei a seguir um Tumblr de uma menina brasileira que mora nesse país dos meus sonhos ahahahahahaha. E as suas fotografias são tão maravilhosas que quero salvar aqui no Camporeja. E dizer que serei apreciadora desse blog hehe <3. Ver essas fotografias é uma inspiração para quando meus pés estiverem por lá hehehe.

Blog Hello Lolla

Mas ao longo do blog vocês ainda verão muito da Inglaterra aqui. Então, se preparem. Pra curtir o post vcs podem ouvir a Frances ❤

Segundo Lolla, está é Lewes, ao leste do condado de Sussex.

In love ❤

Apaixonada por antiguidades. E na Inglaterra é o que não falta 🙂

O mais legal do blog dela é que ela dá várias dicas. E tudo em português – se caso não entenda tão bem inglês.

Hora do Chá na terra da rainha ❤

Tudo lindinho. Tá aí mais um blog legal pra gente acompanhar.

E nesse final de semana quero postar o ensaio que fiz no sábado (16). Vou explicar tbm um pouquinho de fotografia.

Um estúdio com jornalismo e muito conteúdo bom

Sexta-feira, 25 de março de 2016

Hoje quero falar de jornalismo. Novamente, sim! No post passado falei sobre meu tcc e meu amor por podcast. Citei um trabalho muito bacana que ganhou minha admiração. Agora, quero dedicar um post aqui no Camporeja sobre o Estúdio Fluxo. Uma redação independente em São Paulo. Onde reúne repórteres, cinegrafistas, editores… enfim, uma redação de jornalismo. Você que lê o post e tem familiaridade com jornalismo sabe bem como é. 🙂

O Estúdio Fluxo como eles mesmo dizem em sua “biografia” (hehe). É um lugar para se explorar novas possibilidades para o jornalismo. Com uma linguagem, conteúdo único. Em suas séries de reportagem conseguimos ver a qualidade e o trabalho para entregar algo bom, para nós leitores. Algo que me chamou muita atenção para acompanha-los são os temas das reportagens, artigos, entrevistas, podcasts… Temas jornalísticos a humanos.

Até você que não faz jornalismo tem que acompanhar. Pois o Estúdio Fluxo é produzido para todo cidadão interessado em se informar sobre a vida. A redação do Fluxo é totalmente independente, ou seja, não tem anúncios comerciais – o que é muito positivo na hora da produção dos temas. Porque querendo ou não, sabemos que o setor da pauta de um veículo de comunicação é influenciado pelo setor comercial. Não deveria ser. Regra básica do jornalismo, mas que no dia a dia é ignorada por alguns.

Deixando de lado a questão ética comercial no jornalismo – que dá outro post (em breve) – , o Estúdio Fluxo também trabalha com muitos projetos de comunicação e em várias plataformas. Além de serem adeptos do jornalismo colaborativo – tema para outro post tbm hehe 😀 Ou seja, você jornalista pode escrever e participar do Fluxo.

Um trabalho incrível e que vale, com certeza, a sua visita. Abaixo deixo link para o site. Neste link vocês poderão saber bem mais do Fluxo.

Pessoal do Fluxo, vocês ganharam uma parceira 😉

Fluxo – veja aqui 

Através deste link vocês poderão conhecer o idealizador, o Bruno e a sua equipe. Bom proveito.

 

 

 

 

 

 

 

 

Imagens para te fazer bem

Terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Se tem uma coisa que fotógrafo adora é poder inspirar e ajudar as pessoas. Sei por mim, pois adoro ver os trabalhos fotográficos de colegas. E também gosto muito de saber quando uma fotografia minha encanta a pessoa. Como uma imagem pode fazer bem para você e te agregar. Todos os dias, estamos tão lotados de informações positivas e negativas que, às vezes, nos sentimos empanturrados, cansados e até limitados.

Então por que não pararmos um pouco para ver belas imagens? Nesse post, quero compartilhar um pouquinho dos meus registros fotográficos. Abaixo as fotografias e breves comentários sobre elas. Nessa semana ainda quero poder escrever mais especificamente sobre fotografia.

24260872361_934cb22096_o

Pé de limoeiro. Esta fotografia eu quis mostrar a beleza do fruto. O foco era ele. Usei minha Nikon D3100. ISO 320, pois a iluminação estava ótima. Era manhã e o sol ainda era fraco. Obturador deixei com uma velocidade rápida. Mas na verdade o obturador é tranquilo nesta fotografia. Pois o objeto fotografado é estático. 😉 O diafragma nessa fotografia é de f5.0, ou seja, eu deixei em 5.0 para ter uma profundidade de campo menor. Com isso, o fundo ficou todo borrado e o limão ganhou destaque. 😉

23618711729_dc35e5d297_o

Era um final de domingo. Os ponteiros estavam na casa das 18h30. O sol ia embora. E eu e minha família já estávamos indo para a nossa casa.  Estávamos pela vizinhança vendo as propriedades e, eu com a câmera em mãos, registrei. Nesta foto, o obturador estava em 1/125, pois estávamos em movimento, assim, eu precisa de uma velocidade de disparo ágil.  O ISO eu diminui, usei 140, porque queria mostrar as cores quentes no céu. Com a câmera no manual eu conseguiria deixar essa fotografia clara, mas eu fiz de propósito. E também com o obturador mais rápido a entrada de luz pelo sensor da câmera é menor. Entretanto, deixei a iluminação mais baixa para dar um efeito ainda mais bonito no pôr do sol. ❤  Gostei do efeito!!

23582815800_1dc7b2378c_o

Essa florzinha bonitinha e com carinha de indefesa é vilã, segundo meu avô que foi criado em chácara. Não me recordo o nome dela, mas ela é venenosa. Quando cortada ela solta um líquido branco – semelhante ao leite. E meu avô relatou que criação de gado já foi perdida antigamente quando as vacas, sem querer comiam entre o pasto. As vacas são animais espertos, mas acontece dessa plantinha se espalhar pelo capim. Falando tecnicamente da fotografia, eu quis deixar ela com esse efeito meio apagado e mais escuro. Usei obturador rápido – pra diminuir a entrada de luz no sensor – como expliquei na fotografia acima. O ISO também foi baixo, usei 100. Enquadramento central. Pra chamar atenção! (hehe). Diafragma usei 8, ou seja, para poder controlar a quantidade de luz que vai chegar até o obturador. E com o f8 a quantidade de luz é menor.

Parece difícil entender esses conceitos, mas com o tempo tudo se ajeita e você pega prática. É questão de estudo e de horas fotografando e fuçando na sua câmera.

Bem, é isso. Logo logo escrevo mais sobre essa arte que amo amo.

 

 

Compartilhando ideias: Home in class

p>Imagem

Oi,

Ultimamente estava sentindo a necessidade de me exercitar, pois estava muito parada, sedentária é a melhor palavra. Então nada melhor do que ir em busca do que todos fazem, a bendita academia. Pois bem, eu fui e olhei vários preços, porém achei algumas caras, e tem mais, eu não sou muito fã de academia, gosto, mas não amo. Bem, então pensei em fazer algo que me agradece e que me fizesse sair do sofá (modo de falar, pois trabalho, hihi). Tá até ai tranquilo! Em minha cidade não tem muitos salões de dança, isso mesmo dança! Amo dançar e mexer o esqueleto. Ótimo, sabia que iria amar ter aulas de dança, sei de como ela faz bem à saúde e contribui para perda de calorias. Perfeito! Que nada, o preço era alto demais, claro para o meu orçamento! hehe.

Tinha que fazer algo, pensei e pensei… Não sei se falei aqui no blog, mas eu já faço caminhada, contudo eu queria umas aulinhas para fazer no sábado, já que tenho o dia livre. Aiii… desanimada com os preços coloquei na web “dança” e apareceu muitos resultados e um deles estava assim: Malhe em casa e blá blá blá… Entrei no site, todavia não gostei do conteúdo, mas me ascendeu a lâmpada na cabeça, hihi, já me imaginei em um desenho animado com uma lâmpada em cima de minha cabeça. kkk 😀

É isso gente, eu estou fazendo aulas de dança em casa e com o Youtube e sem gastar nada, bom, na verdade pago a internet, porém nem conta muito. Vale muito a pena, estou amando e o resultado já está aparecendo. hihi ❤ Mas também tem outras vantagens, você vai estar na sua casa, quer melhor lugar e por ai vai… Claro que tem que ter disciplina, pois um dia sem fazer você já perde o pique. Eu, particularmente, deixei para fazer aos sábados, já que é um dia mais tranquilo para mim. Ah… e claro, vai de sua necessidade e desejo. Contudo eu recomendo! 😉

Bom, separei alguns vídeos das aulas que eu estou fazendo… espero que gostem ❤

Esse que eu assisto tem 40 minutinhos, ele é inglês, porém não é difícil, basta seguir os passos e se jogar na dança. Boa Sorte!


Beijim!
:*

Faça você mesmo

Adoro esses tipos de coisas que você pode fazer, além de ser fácil os materiais tem ai na sua casa. Muito legal! Gosto bastante de decoração e arte, assim que me formar na faculdade quero escrever em revista de decoração ou site mesmo, amo! ❤

Bem, como disse algumas vezes aqui eu curto muito ficar na web procurando novidades para poder colocar em prática na minha casa. E hoje mesmo achei essa ideia reciclável e superrrr barata. Quer ter um vaso novinho em casa? Para colocar suas rosas ou qualquer outra planta que você ama, e olha que não precisa ser só planta, mas também um porta objetos bem divertido e diferente de todos que existem por ai. Esta ideia eu retirei do site brudy.com que é um site/blog internacional especializado em ensinar a fazer vc mesma(o) seu móvel de decor. 

Quero compartilhar o vaso de gatinho… Lindo lindo! 🙂 Além de bonito é ecológico, pois a garrafa que iria ser jogada no lixo pode virar um artigo de decoração fofo no jardim ou no lugar que vc preferir. Vamos ver?

                               Imagem

 

Olha só o que vc vai precisar para fazer o seu… Eu já já quero fazer o meu 😉

                             Imagem

 

Como pode ser visto na imagem precisa de uma garrafa pet;

Marcador permanente;

Tinta spray;

Tesoura.

É muito fácil o processo, com a tesoura vc cortará a garrafa , bem a parte de baixo da garrafa como mostra a foto. E claro deixando as orelhinhas que com a tesoura mesmo dá para fazer, é fácil! Depois de cortada aplicará a primeira camada da tinta spray branca ou da cor que vc preferir (usar a imaginação), hehehe. Deixe secar por 1h e aplique a segunda camanda, finalizado o processo de pintura é só pegar o marcador permanente e fazer a carinha do seu gatinho. Sabe eu estou pensando em fazer um gatinho e um cachorrinho já que o processo é quase o mesmo, então é só arredondar as orelhinhas.

                          Imagem

Gostaram?

Eu adorei!

Quer falar comigo?

Deixe um comentário ou me segue lá no twitter…  @fabiadycastro

E tem o tumblr:  camporeja.tumblr.com

Beijim!!!

 

Literatura… <3

Amo, essa é a primeira palavra que inicia o meu post. Vou falar aqui de um livro que li e que gostei muito da história, do enredo, da forma de escrita abordada pelo autor, que também gosto bastante. Além de ser um clássico da literatura Internacional, é claro! Confesso que quando vi ele pela primeira vez e o que eu li foi um que o meu avô tinha. Meu vô quando meu pai era pequeno e frequentava a escola comprou enciclopédias e livros de literatura. Bom, naquela época o Google não existia ainda, assim meu avô comprou várias coleções. Acredito que eram as indicadas pelos colégios da época. 

Confesso também que ainda não procurei ler esta história em outro livro. Porém ainda vou ler sim, já pesquisei e notei que tem várias capas e editoras. Ele é um livro do século XIX, ou seja, a leitura dependendo da editora e de que a reescreveu pode ser um pouco complicada. Esse que eu tenho aqui é antigo, é escrita pelo próprio autor. E não por aqueles que pegam e compilam a obra, como é comum hoje. Bem, vamos lá… o que eu achei da história? (para vc que ainda não leu) Gostei e é envolvente. Além das aventuras que a obra oferece por meio das linhas e palavras você conhece muitos lugares escritos pela percepção de Verne.

O livro: Ele é de aventura, foi lançado em 1873 na França, Paris (amo!). 

Seu autor: Julio Verne, grande escritor de aventuras e histórias de ficção científica.

Principal personagem: Phileas Fogg, que é um inglês rico da época. 

A história (resuminho): Ele com seus amigos em um jogo de carta em uma noite no Reform Club de Londres, faz uma aposta, é uma aposta. Que ele conseguiria dar a volta em todo o mundo em apenas 80 dias. 

(…) 

Claro que a história não começa assim, nela narra todo o começo, fala dele o personagem principal.  A sua vida em Londres misteriosa.

 

 

 

 

* O meu livro (quer dizer do meu avô, Mas peguei! hihi) é da coleção Os Maiores Clássicos de Todos os Tempos. Onde reuniu vários autores e suas principais obras. Eu tenho alguns livros dessa coleção. hehe… Mas queria todos! 🙂

                      Imagem

 

 * Gostei tanto que vou refaze-la. <33333333333333333333                      

                        Imagem

 

 

 

                       Imagem

 

 

                         Imagem

 

                         Imagem

 

 

Mais volta ao mundo

A história além de livros também está em filme, e também, em histórias de quadrinhos, as famosas hq’s. É uma forma mais simplese reduzida da obra. É bacana também! Além das lindas lustrações e das belas imagens do cinema.

                                                                Imagem

Dados:

I.S.B.N.: 9788532261632

Cód. Barras9788532261632

Reduzido: 2008032

Altura: 21 cm.

Largura: 14 cm.

Profundidade: 1 cm.

* Este modelo aqui é da editora Saraiva. 😉

 

Quer ler ou reler também?

Tem esse aqui que você pode baixar e fazer uma leitura bem legal! 🙂

                 http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/DetalheObraForm.do?select_action=&co_obra=3527

Ou neste aqui:

 

                                                           http://www.ebooksbrasil.org/eLibris/voltamundo.html

 

Bom ,eu amei, como amo literatura não foi nada difícil entender a obra. Espero que também amem. É uma dica gente!

 

Beijim e boa segundona!!!

*-*

 

 

 

Trilha sonora

Pós Natal nada melhor do que ouvir um música animada, mas claro, com letra. Conheci a cantora Luz Marina na Tv Cultura (Um dos meus canais favoritos), ótima cantora e com músicas bonitas, animadas para dançar depois da ceia (claro, esperar a comida baixar. kkkk). Vale a pena!!!

Fonte: Tv Cultura ❤

http://tvcultura.cmais.com.br/culturalivre/luz-marina-lanca-primeiro-disco

#FICAADICA!!!