A beleza feminina pelo mundo

Segunda-feira, 04 de julho de 2016.

Uma fotógrafa da Romênia, a Michaela Noroc, está com um projeto fotográfico muito lindo e rico culturalmente. The Atlas of Beauty – O Atlas da Beleza, pretende mostrar para nós a diversidade da beleza feminina pelo mundo. A forma, a raça e a expressão de cada mulher no mundo.

O empenho e trabalho de Noroc é incrível. Além do grande talento técnico, a ideia do projeto é de primeira qualidade. A fotógrafa já esteve em mais de 50 países. Segundo ela, o projeto continua. Seu projeto em cada país que passa vem arrancando aplausos.

Aqui no Brasil ela fotografou na região amazônica. 🙂 Abaixo algumas fotografias e o link para o seu site. 😉

I just started the second journey around the world, with The Atlas of Beauty. Yesterday, in Istanbul, Turkey.

A fotógrafa

In my first journey around the world, I visited the Amazon Rainforest, in search of authentic beauty, untouched by the modern world, like the nature around it.

Kichwa, Amazon Rainforest

No Brasil – região amazônica

Otavalo, Ecuador

No Equador

Havana, Cuba

Em Cuba

A Han Chinese woman in Xiahe, China.

Na China

 

Syrian woman in Istanbul, Turkey.

Turquia

Chile, in my first journey around the world. Now I travel in China, with The Atlas of Beauty.

Chile

Medellin, Colombia in 2014.

Colômbia

Even on the rainy days, most of the people of Stockholm, the capital of Sweden, prefer to walk or use a bicycle, rather than a car. Emilia stopped for a few minutes and told me about the happiest moment of her life. She was recently chosen for an...

Estocolmo

 Trabalho impecável. E para acompanhar as suas viagens acesse  AQUI. :*

 

 

 

Inspiração visual – salvando imagens

Sexta-feira, 15 de abril de 2016. o/

Olá, no post de hoje no Camporeja eu vou falar um pouquinho sobre minhas inspirações visuais. Amanhã, sábado, tenho um ensaio fotográfico para fazer, então, sempre gosto de dar uma olhada em algumas inspirações.

Como já conversei com a minha cliente, e já sei o que ela quer, agora é só procurar algumas imagens para compor no meu painel no Pinterest. Esté é o meu Pin

Se caso quiser me seguir e ver mais fiquem a vontade 😉

No ensaio de amanhã, pensei em algo bem floral para a minha fotografada. Ela curte flores e campo como eu, então vem ver o que separei. 🙂

  • Todas as imagens são do Pinterest/ meu painel Artes Fotográficas

Fairytale fashion fantasy / karen cox.:

Flores, joias grandes e tecido leve. A cor forte fica para as flores. Amei ❤

 :

Tem bem pegada de boho pelo vestido. O vermelho contrastando com o branco é lindo.

Flowers:

Essa fotografia tem um ar de fantasia. Cores neutras e lindas. Notaram que todas as cores conversam, e o resultado final, é bem dizer uma cor só? ❤

http://votetrends.com/polls/296/share #fashion #couture #editorial #designer #style:

Nem sempre as flores precisam estar na cabeça 😀 Olha que lindo elas pelo corpo. Aqui só cores vibrantes.

 :

Nada mais lindo e simples do que uma rosa vermelha.

Roses #makeup:

Realçando detalhes.

 :

Respirando flores.

Bem, pessoal essas são algumas referências para o meu trabalho. Espero que tenham curtido 🙂

Fotojornalismo de Agnes Montanari

Segunda-feira, 14 de março de 2016

Gostando de fotografia e estudando jornalismo não tem como não falar de fotojornalismo. Confesso que só fui conhecê-lo quando entrei na faculdade, porque até então, só tinha em mente que qualquer fotografia era fotografia. Não sabia de suas diferenças. Falta de estudo mesmo, e até interesse. É incrível, quando entrei na faculdade, a vontade de saber de “tudo” se aflorou em mim (rs). Feliz por isso 😀

Estudando sobre fotojornalismo (brevemente na facul) tive contato com uma profissional incrível. Que com certeza todo fotojornalista já deve ter ouvido falar, Agnes Montanari. Com fotografias maravilhosas, os fatos retratados ali possuem uma abordagem jornalística instigante.

Pois é isso que diferencia a fotografia “normal” do fotojornalismo. A mensagem dos fatos que a fotografia carrega em si. O que é de interesse público, o que precisa ser noticiado. Similar ao conceito de jornalismo. E isso, a Agnes, sabe fazer muito bem. Como Agnes é francesa não tem muita coisa sobre ela em português, pelo menos eu não encontrei :/ O que acho uma pena. Nem na faculdade minha encontrei :/ No site dela também não tem muitas informações. No about (sobre) tem uma impressão dela sobre a arte de fotografar e seus projetos. Mas nada mais.

Aqui no Brasil, a editora Nemo, publicou o livro O mundo de Aisha – A Revolução Silenciosa das Mulheres no Iêmen, de Ugo Bertotti (um livro que já está em minha lista de leituras<3). E nesse livro, tem as fotografias da Agnes. Pelas resenhas que acompanhei do livro ele parece ser interessantíssimo. Abaixo, separei algumas fotografias de Agnes – retiradas de seu site .

agnes3agnes2agnes

agnesmontanari3agnesmontanari2agnesmontanari1

Compilando poesias

Segunda-feira, 07 de março de 2016

Não reclame da segunda, ela é um novo dia que Deus te oferece. Uma nova oportunidade de acertar. Lute contra suas reclamações, levante-se, tome banho e vá trabalhar.

balao

 

“A poesia plantou flores em meus vasos sanguíneos.”

— Alexandre Guimarães

 

“Eu vejo flores, por onde ando é florido.
Florescer, a minha alma.
Nos cantos do meu ser, eu me fiz de flor”.

– Floricitar.

 

“Coloque amor, por onde Flor…
Pois quando Tu Flores,
Nós Flores(Seremos).
Juntos na poesia Floreada da Fé com Amo”.

– D’arc Girl

 

O maior problema da humanidade tem sido a ausência de sentimentos bons nas pessoas.

— Marcos Vinicius

 

“Só não esqueça que no peito que bate também nasce flor.”

— T. Angeli

 

Que mundo é esse em que vivemos… onde é mais fácil quebrar o núcleo de um átomo do que um preconceito.

— Albert Einstein

Fotografia com amor e vergonha

Não é todo mundo que é desenvolto em frente a uma câmera. E até quem é acostumado, às vezes, se sente meio fora. Digo isso por mim, pois adoro fotografia e também trabalho com reportagem de tv, mas tem dias, tem dias que parece que precisamos ficar meio off. Hehe igual nas redes sociais.

Entretanto, no post de hoje não vou falar sobre isso (conversa para um próximo post). Hoje quero mostrar e compartilhar um trabalho incrível de um fotógrafo. Mikael Theimer tinha vontade de fazer um ensaio de sua namorada, mas ele não contava que ela, Marion, tinha vergonha de câmeras. Então de forma despretensiosa, Theimer começou a fotografar por brincadeira. Mas notem que em todas ela cobre o rosto ahaha.

Mais fotos no site de Theimer.

 

 

 

Imagens para te fazer bem

Terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Se tem uma coisa que fotógrafo adora é poder inspirar e ajudar as pessoas. Sei por mim, pois adoro ver os trabalhos fotográficos de colegas. E também gosto muito de saber quando uma fotografia minha encanta a pessoa. Como uma imagem pode fazer bem para você e te agregar. Todos os dias, estamos tão lotados de informações positivas e negativas que, às vezes, nos sentimos empanturrados, cansados e até limitados.

Então por que não pararmos um pouco para ver belas imagens? Nesse post, quero compartilhar um pouquinho dos meus registros fotográficos. Abaixo as fotografias e breves comentários sobre elas. Nessa semana ainda quero poder escrever mais especificamente sobre fotografia.

24260872361_934cb22096_o

Pé de limoeiro. Esta fotografia eu quis mostrar a beleza do fruto. O foco era ele. Usei minha Nikon D3100. ISO 320, pois a iluminação estava ótima. Era manhã e o sol ainda era fraco. Obturador deixei com uma velocidade rápida. Mas na verdade o obturador é tranquilo nesta fotografia. Pois o objeto fotografado é estático. 😉 O diafragma nessa fotografia é de f5.0, ou seja, eu deixei em 5.0 para ter uma profundidade de campo menor. Com isso, o fundo ficou todo borrado e o limão ganhou destaque. 😉

23618711729_dc35e5d297_o

Era um final de domingo. Os ponteiros estavam na casa das 18h30. O sol ia embora. E eu e minha família já estávamos indo para a nossa casa.  Estávamos pela vizinhança vendo as propriedades e, eu com a câmera em mãos, registrei. Nesta foto, o obturador estava em 1/125, pois estávamos em movimento, assim, eu precisa de uma velocidade de disparo ágil.  O ISO eu diminui, usei 140, porque queria mostrar as cores quentes no céu. Com a câmera no manual eu conseguiria deixar essa fotografia clara, mas eu fiz de propósito. E também com o obturador mais rápido a entrada de luz pelo sensor da câmera é menor. Entretanto, deixei a iluminação mais baixa para dar um efeito ainda mais bonito no pôr do sol. ❤  Gostei do efeito!!

23582815800_1dc7b2378c_o

Essa florzinha bonitinha e com carinha de indefesa é vilã, segundo meu avô que foi criado em chácara. Não me recordo o nome dela, mas ela é venenosa. Quando cortada ela solta um líquido branco – semelhante ao leite. E meu avô relatou que criação de gado já foi perdida antigamente quando as vacas, sem querer comiam entre o pasto. As vacas são animais espertos, mas acontece dessa plantinha se espalhar pelo capim. Falando tecnicamente da fotografia, eu quis deixar ela com esse efeito meio apagado e mais escuro. Usei obturador rápido – pra diminuir a entrada de luz no sensor – como expliquei na fotografia acima. O ISO também foi baixo, usei 100. Enquadramento central. Pra chamar atenção! (hehe). Diafragma usei 8, ou seja, para poder controlar a quantidade de luz que vai chegar até o obturador. E com o f8 a quantidade de luz é menor.

Parece difícil entender esses conceitos, mas com o tempo tudo se ajeita e você pega prática. É questão de estudo e de horas fotografando e fuçando na sua câmera.

Bem, é isso. Logo logo escrevo mais sobre essa arte que amo amo.

 

 

In love: Romance no Campo

 

Domingo, 27 de dezembro de 2015.

Fotografias e ensaio: cabbage sand roses.

Cor + xadrez = amor

Cardigãs. Toucas de lã. Meias escuras.

Chapéus ou acessórios para o cabelo. Estampa xadrez.

Casacão, sobreposição de vestido com camiseta = tendência. Contudo, para mim, antes de mais nada, quem faz a nossa moda somos nós mesmos.  😉

Pele natural. Maquiagem leve.

Inverter a peça. Botões para trás. Tentar fazer com casacos também é legal. No cabelo trança bagunçada é o melhor penteado.

Cores sóbrias. Coque alto preso com laço de cetim.