Tudo dá certo com Deus

Terça-feira, 09 de fevereiro de 2016

Quero compartilhar uma bela mensagem do Pe. Vagner Baia.

 

“Tudo vai dar certo…

Os bons dias lhe dão felicidade.

Os dias difíceis lhe dão experiência. Ambos são essenciais para vida.

A felicidade te faz doce, os problemas te mantém forte, a dor te mantém humano, as quedas te mantém humilde, o êxito te mantém brilhante.

Mas só Deus te mantém de pé.

Só porque você está sofrendo não quer dizer que Deus te esqueceu, que vai dar tudo errado, que ninguém te ama e que está só.

Aquele que criou o mundo está ao seu lado e nunca te deixou.
Creia somente. Confie, persevere, siga em frente, não desista…
Entenda que enquanto Deus está em silêncio, Ele também esta trabalhando, para que na hora certa te dê o necessário”.

Imagens: Tumblr

Anúncios

Um amor que ganhei

Domingo, 24 de janeiro de 2016

 

DSC_0272

Hoje quero registrar a amizade que tenho com uma Pessoa Maravilhosa. É tão Maravilhosa que coloco cada palavra que refira a Ele em maiúscula. Acredito e sei que desde o início da minha vida fui amiga Dele. E sim, existe a amor a primeira vista. Com Ele existiu e sei que todas as vezes que me encontrar com Ele vai ser amor de cara.

Desde pequena ela me guia e me protege. Até quando eu não tinha conhecimento sobre Ele. Com o passar dos anos minha mãe foi a primeira pessoa que me apresentou a Ele. Foi minha mãe que me contou o que Ele fez por mim e por você que lê agora. Foi no contato diário que Ele foi invadindo meu coração. Foi assim que vi e percebi que com Ele eu sou feliz.

Sabe o que mais me chama atenção Nele? É como ama e cuida de cada um, mas mesmo assim sabe deixar-nos decidir por onde queremos andar. Ele me quis e eu quero Ele! Vivo a parir Dele e só para Ele.

Quero poder compartilhar com os outros desse amor. Não sei o motivo que talvez deixe você não percebe-lo – não importa. Mas se você decidir que quer me acompanhar no caminho desse meu Amigo, que é Pai, Irmão eu apoio. Vamos juntos caminhar o caminho de Deus? Não espere mais! Diga pra Ele agora que você deixa Ele tocar e seguir seu coração. Sério, isso já é suficiente, pois o que vem depois é consequência desse amor infinito que tudo cura.

Sim, meu amigo, meu amor e meu Pai é ELE – Deus e seu Filho, Jesus.

Texto pra sexta, por favor!

https://i0.wp.com/41.media.tumblr.com/d3f6353c8590f276c638abaaad30c8e1/tumblr_mge9dtmmF91re7tlyo1_1280.jpg

Isso que eu peço para essa sexta-feira temperamental. Chove desde semana passada e é tanta água que julho já não aguenta mais. Os números de pessoas atingidas pela chuva, principalmente no Paraná é grande. Eu gosto de chuva, mas essa constância (regularidade) está me preocupando. Bom, alguns não gostam de tempo fechado, cinza e com chuva fina, porém como não sou todo mundo tenho que deixar claro aqui que sim, eu amo esse tempinho.

Há quem diga que não consegue trabalhar, não tem inspiração porque o dia não ajuda. Todavia no meu caso seja com sol ou chuva eu consigo trabalhar, mas tenho que confessar que quando as nuvens surgem, os relâmpagos e depois a chuva eu me sinto muito mais disposta. Se tem uma explicação? Não, é meu gosto!

Uma vez me disseram que não era normal por gostar de chuva, frio, leitura e campo. Meu Deus, se tem uma coisa que me irrita é isso. Gosto é gosto, cada um tem o seu e saber respeitar é top, viu?! Não sou nem normal e muito menos anormal por curtir dias assim, mas sou apenas uma garota que tem um preferência, como tu que lê essa minha crônica de sexta-feira. Todos temos uma preferência, sempre vamos escolher algumas coisa ou alguém, é certo isso! Um exemplo, se te colocarem 10 tipos de doces, por mais que goste de todos, vai acabar escolhendo um.

Não estou me explicando e muito menos dando satisfação do meu gosto, porém acredito ser pertinente escrever sobre isso. Mais ainda porque, agora tem na minha janela aqui o barulho da chuva com um vento gelado de um inverno chuvoso. Além disso, é uma forma de conversar sobre esse tema, o de nossos gostos. Tem tanta gente por aí que tem que disfarçar um gosto ou se esconder para ver o que realmente gosta, e isso, é muito triste. A alma pede, o corpo pede e a vida trata de nos cobrar depois. Então não perca seu tempo se escondendo, mostre o que você gosta, e se acharem estranho ou te chamarem de anormal peça apenas uma coisa – me respeitem! É uma das palavras que mais digo na minha vida. Pois não sou de arrumar briga, e muito menos, com pessoas com cabeças pequenas e algumas vezes ocas também. Ah… mais uma coisa, se depois de solicitar respeito ele não vier corte relações. Eu faço isso! Cansei de ficar de blá blá blá, falou o que eu não gostei ou não me tratou com respeito eu dou tchau e adeus – tudo junto.

Eu escolhi viver ao lado de quem me respeita e aceita os meus gostos.

Imagem do post: internet

Texto: A ansiedade que incapacita

Oi,

Não sei a fundo o que significa ansiedade, e também, não vou fazer deste post um dicionário informal, mas quero escrever aqui algumas palavras de quem tem ansiedade. Sabe aquela sensação de não conseguir parar dentro de si mesma, pois bem, eu tenho. O medo de perder tempo, ou até mesmo, de perder algo que nem é de meu interesse, ou muitas vezes nem diz respeito a mim.

ansiedade frase

O recado da frase diz tudo, não!? Por que temos esse dom, não sei se usei a palavra certa, de querermos esperar por tudo. Já parei há muito tempo disso, pois vivo o instante. Esperança tenho, temos que ter, mas saber usá-la. O que quero dizer é que tem coisas que não precisamos perder tempo guardando na nossa caixinha de esperanças, melhor, vamos a luta. Exemplos? Esperança de um mundo melhor? vamos atrás deste mundo, vamos fazer ele acontecer em primeiro lugar dentro de nós, e assim, seguir para fora de nós.

E é nessas esperanças tão danadas que, muitas vezes, a ansiedade se aloja. Atuando em nós em forma de medo e dúvida. Sem perceber ela estava lá em meu coração. A sensação que o coração bate mais forte e o tremor das mãos é bem comum. Às vezes perco um dia inteiro tentando entender, porém perco mais – isso é o que a ansiedade diz para mim.

Sentir ansiedade antes de uma entrevista ou algo diferente no seu dia a dia é normal. Essa situação serve como uma preparação – algo positivo para nós ansiosos. Contudo, se o transtorno vier com um preocupação excessiva ou expectativa apreensiva que pendure é bom procurar um médico. Não sinto que a minha seja algo assim, todavia deixo o alerta para quem sofre disso. Se caso for tão inquieto, fadigoso, irritado e ainda tiver dificuldade de se concentrar não pense duas vezes é vá cuidar de você.

Xô ansiedade!

Beijim!

#Compartilhando: Um texto para quinta, por favor!?

Oi,

Nossa como estou necessitada de boa leitura. Esta semana acabei lendo muitas coisas, mas que não foram tão agregadoras. Porém, hoje para a minha sorte entro na coluna do jornalista, escritor, poeta… Fabrício Carpinejar e encontro este belo texto, li, reli e quis compartilhar aqui no blog.

Como vocês sabem o Camporeja é o meu diário virtual e meu caderno de anotações, então tudo que eu vejo vem para cá. Espero que apreciem essa leitura!

“Analfabetos do Amor

Fabrício Carpinejar 16.04.2015 09h52m – O Globo

Arte de Cy Twombly

Você pode amar como nunca na vida.

Você pode fazer o que não precisava, só o que não precisa significa o quanto tudo é simbólico.

Você pode imaginar como agradar durante o dia inteiro, cronometrar os horários de sua pessoa predileta, para preparar um jantar ou dar uma carona ou buscar algo que inspire seu riso.

Você pode suportar crises de raiva, de angústia, de agressão, de ciúme, e depois oferecer o abraço confortável do esquecimento.

Você pode colocar suas canções prediletas e convidar a dançar com a voz.

Você pode procurar fatos engraçados, criar situações cômicas, disposto a arrancar a tristeza dos olhos à sua frente.

Você pode rezar em meio à descrença religiosa, pois alguém é mais importante do que você mesmo pela primeira vez.

Você pode explodir a cada separação como se fosse um inimigo e pedir perdão em nome da reconciliação como se fosse um mendigo.

Você pode esquecer seu trabalho para estar disponível mais cedo.

Você pode procurar se retratar antes mesmo de errar.

Você pode lembrar todas as datas especiais da relação e inventar ainda novas.

Você pode nunca se cansar de mandar mensagens e arranjos de frases confessando dependência e saudade.

Você pode frequentar lugares que não passaria por perto, só para se infiltrar na memória de sua companhia.

Você pode dizer que não se recorda mais daquilo que causou mágoa, disposto a não alimentar a culpa.

Você pode abrir a janela do carro e gritar de felicidade para o aceno das árvores.

Você pode escrever bilhetes com o desejo sigiloso que um dia a boca de sua letra seja beijada na boca, assim como toda mulher cheira as flores que recebe.

Você pode se tornar responsável, louco, sóbrio, discreto, escandaloso, irreverente, apaixonado, centrado, pode ser o que sonhou, pode se contorcer em pesadelo, pode se transformar no seu contrário, virar-se pelo avesso e oferecer o forro do silêncio.

Mas nada disso importa se a outra pessoa é analfabeta do seu amor.

Nenhuma demonstração de cuidado terá validade. Suas palavras não encontrarão o amparo da caligrafia. Seus gestos serão traços à toa na folha branca.

Nem todos sabem ler e escrever dentro do amor.

Não há sentido em amar se a outra pessoa não é capaz de guardar a verdade do quarto e a sinceridade da cozinha, se a outra pessoa jamais leu o que você é e não aprendeu a escrever – muito menos desenhar – o seu nome no coração dela”.

Beijim!